FEXPA – Federação de Xadrez do Pará
Edvaldo da Cruz Costa
Vice-Presidente Financeiro

A Federação de Xadrez do Pará, sendo uma organização sem fins lucrativos, apresentou uma entrada de receita inferior a trinta mil reais em 2016, o que podemos classificar como uma entidade com baixo volume de recursos.

Em 2016, o incentivo público através da Secretaria de Educação, Esporte e Lazer foi primordial para a viabilidade econômica da Federação de Xadrez do Pará, ajudando na concretização dos objetivos operacionais (torneios e viagens de atletas).

O incentivo privado, auferido através de patrocínio particular de empresas e/ou pessoas físicas foi determinante para a realização de alguns eventos, aos quais os valores de inscrição não seriam suficientes para suportar as despesas operacionais.

Os valores advindos das anuidades de atletas, árbitros e clubes/organizadores são essencialmente importantes para custear as despesas administrativas, financeiras e bancárias da Federação de Xadrez do Pará. O ano de 2016 foi marcado por importante isenção de taxas de anuidade de atletas feita pela gestão anterior, o que prejudicou o fluxo de caixa e desafiou ainda mais a gestão atual na consolidação das contas.

A Federação de Xadrez do Pará, através de sua nova diretoria, que assumiu no dia 30 de janeiro de 2016, manteve a palavra deixada pela última gestão quanto às isenções, privilegiando o respeito à comunidade enxadrística paraense, mesmo discordando desta decisão, a qual classificou como “desespero de causa”, tendo em vista o evidente desrespeito à transparência na gestão dos recursos desta entidade.

O resultado operacional da federação foi negativo na importância de três mil seiscentos e setenta e dois reais e setenta e um centavos (-R$ 3.672,71).

Foi determinante para este resultado negativo, a saída de recursos financeiros da conta corrente da federação realizada no mês de janeiro de 2016, na ordem monetária de oito mil oitocentos e oitenta reais (-R$ 8,880,00), ainda feito pela gestão anterior, antes da posse da nova diretoria, à qual não teve repassada quaisquer informações sobre tais movimentações, bem como definida sua destinação, nem mesmo discutido o seu caráter ou viabilidade.

Mesmo com esse impacto no primeiro dia de nossa gestão, conseguimos à quatro mãos superar esta crise, quer dizer, viabilizar e concretizar os objetivos propostos equilibrando as contas mesmo com a ausência desses recursos.

DOWNLOAD - PRESTAÇÃO DE CONTAS FEXPA 2016

Compartilhe
FaceBook  Twitter